Final de ano chegou e poucas coisas representam tão bem o final do ano do que as decorações para o Natal! Com ele, vem a tradição de enfeitar as casas e os condomínios com luzes e árvores típicas da época. Mas, é necessário ter alguns cuidados com algumas decorações.

Por isso, separamos alguns cuidados necessários. Confira!

Como organizar?

  • Planejamento: É necessário elaborar um planejamento antecipado e ver se haverá despesas com a decoração, é provável que não seja necessário nenhum tipo de rateio extra. Caso contrário, vale votar em assembleia tanto se vai haver ornamentação e, caso haja aprovação, quanto dinheiro será empregado na tarefa. A votação necessária é a maior a simples dos presentes (50% mais um) .
  • Rateio: As administradoras consultadas sugerem que haja um rateio anual para os custos com a decoração. Desse modo, por se tratar se uma despesa ordinária, os inquilinos também devem pagá-la.
  • Mão na massa: Para ajudar a montar a decoração, vale montar uma comissão de moradores interessados. As crianças também podem ajudar no trabalho, promovendo assim uma maior integração no condomínio.
  • Compras – É ideal ter cuidado durante a compra dos enfeites. Dê preferência para as lâmpadas de LED, apesar de mais caras, são bem mais econômicas e, por durarem mais, poderão ser usadas em vários Natais. Vale ressaltar que a qualidade do produto é imprescindível para evitar riscos de choques e até incêndios.
  • Por isso é ideal haver um planejamento antecipado e saber se será necessário ter despesas nesta época.

Cuidados com eletricidade

  • Escolha com cuidado os cordões de luz, mangueiras e pisca-piscas. Eles devem ser de boa procedência e certificados pelos institutos controladores de qualidade.
  • Antes de instalar os artefatos, especialmente os já utilizados anteriormente, verifique sua condição geral e preste atenção às emendas e à película plástica isolante. Emendas e conexões devem estar protegidas com fita isolante de boa qualidade.
  • Confirme se a tensão das lâmpadas é compatível com a tensão da rede.
  • Só ligue o equipamento na tomada após a conclusão da montagem, para evitar acidentes por falhas no isolamento de fios ou nas emendas.
  • Nunca toque na fiação nem substitua lâmpadas queimadas com o aparelho ligado à fonte de energia.
  • Na ornamentação de exteriores (como fachadas, jardins, varandas e grades), o cuidado deve ser redobrado. A umidade e a presença de água são fatores que elevam bastante a probabilidade de acidentes.
  • Não instale objetos decorativos nas proximidades da rede pública de energia e jamais use os postes para ornamentação.
  • Finalmente, não faça nenhuma instalação se você não tem conhecimento prévio de segurança elétrica. O correto é contratar um profissional habilitado para orientá-lo na aquisição de dispositivos e para realizar a instalação.

Tipos de decorações

As decorações mais simples, como só colocar as luzes pisca-pisca em árvores ou nas entradas dos condomínios, podem ser feitas pelos próprios síndicos e/ou ver se há moradores que queiram ajudar. Mas, se o condomínio junto com a assembleia decidir fazer uma super decoração, o ideal é contatar uma empresa terceirizada para fazer o serviço.

Quem opta por uma decoração maior também deve se antecipar sempre que possível –  tanto na decisão do orçamento empregado quanto na pesquisa da empresa escolhida.